Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Upside Down

Um blogue de uma futura (e esperançosa) jornalista, que vê na escrita um refúgio para os bens e para os males da vida.

Upside Down

Um blogue de uma futura (e esperançosa) jornalista, que vê na escrita um refúgio para os bens e para os males da vida.

Cinco filmes que vos aconselho

No iníco deste ano propus-me a ver 50 filmes até dezembro, porque sou muito preguiçosa para ver filmes e queria "forçar-me" a fazê-lo de forma a aprender a não ser tão esquisita quando os escolho. Nesse sentido, fui vendo alguns filmes durante o ano letivo e, desde que estou de férias, apostei ainda mais a sério nisso pois tenho mais tempo. Nas últimas semanas tenho visto um filme por dia e alguns dos filmes que vi marcaram-me mais do que outros. Daí ter decidido fazer este post, no qual vos vou falar um pouco dos 5 filmes que mais me marcaram nas últimas semanas.

 

1. You're Not You (2014)

Este filme conta a história de Bec, uma jovem universitária irreverente, que começa um novo trabalho cuidando de uma doente terminal: Kate. Não vou dar mais pormenores sobre a história, até porque se quiserem uma sinopse podem simplesmente pesquisar - vou apenas falar da razão pela qual este filme me marcou. You're Not You é, sem dúvida, um filme marcante, não só pela forma como a doença de Kate é abordada, mas principalmente pela forma como nos são explicadas as relações entre as várias personagems. Os laços criados entre Bec e Kate fazem com que qualquer um de nós se comova na parte final do filme. 

Deste filme retirei algumas lições e aconselho-vos vivamente a tirarem um bocado do vosso tempo para o verem, pois sairão dessa experiência um pouco mais ricos enquanto pessoas. Deixem-se envolver pelo filme e retirem dele algo positivo.

 

2. The Green Mile (1999)

Vi este filme para fazer um texto de opinião acerca do mesmo, no âmbito de uma das cadeiras do meu curso. No início não estava muito interessada, apenas comecei a vê-lo por saber que abordava a questão da pena de morte e, por isso, era exatamente aquilo de que precisava. No entanto, ao longo do filme comecei a apaixonar-me pela história, não só por ser uma história marcante e forte, mas também pela mensagem que encerra e pela forma como nos é exposta. É um filme de quase três horas mas nem assim se torna cansativo. De todos os filmes que já vi este é, sem dúvida, um dos que mais gostei de ver e que acho que todos nós deviamos ver num certo ponto das nossas vidas. Tem um elenco espetacular, com atores que todos nós tão bem conhecemos, o que também dá uma certa força à história. Tal como referi anteriormente, o filme aborda a temática da pena de morte, relacionada com o racismo, o que nos leva a repensar toda a opinião que temos acerca dessa prática ou a reforçar ainda mais aquilo que achamos certo ou errado.

 

3. Home (2015)

E para quem gosta de um bom filme de animação, Home é, sem dúvida, aquele que mais vos aconselho (entre os que tenho visto nos últimos dias). Não há grande coisa que possa dizer acerca deste filme, exceto que conseguimos retirar dele algumas lições que nos foram ensinadas há tanto tempo e que muitas vezes esquecemos.

 

4. The Longest Ride (2015)

O que fariam se estivessem numa situação em que fossem forçados a escolher entre a pessoa que amam e a carreira com que sempre sonharam? Esta é, a meu ver, a problemática principal abordada neste filme. Baseado numa história de Nicholas Sparks, The Longest Ride aborda a história de Ira e do amor da sua vida, paralelamente ao romance de Sophia e Luke, que se encontram divididos entre a carreira que sempre sonharam ter e o amor que nutrem um pelo outro - Sophia ambiciona seguir uma carreira no ramo da Arte e Luke quer continuar a montar touros, algo que sempre fez independentemente da lesão que possui. De certa forma a história deste jovem casal acaba por se cruzar com a história de Ira e Ruth. 

Tendo em conta que é um romance de Nicholas Sparks, já todos sabemos o que podemos esperar: romance, romance e mais romance. No entanto, a meu ver, este é um dos filmes de Sparks que mais foge à sua linha usual. Tem uma história interessante, história essa que não é afetada pelo romance em si. Foi um dos filmes escolhidos por mim para esta lista por ter um enredo que vale a pena ser visto.

 

5. Jack and Jill (2011)

E para quem gosta de rir um bom bocado, este é um dos filmes que mais vos aconselho. Tenho visto alguns filmes de comédia ultimamente e este foi aquele que mais me deu gosto ver. Todos os filmes com o Adam Sandler são de rir até não dar mais, por isso não há grande coisa que possa dizer, right?

 

 

Bem, caros leitores, espero que tenham gostado desta pequena lista de filmes que fiz para vocês e que percam algum

 

 

do vosso tempo a ver - senão todos - pelo menos um deles. Preocupei-me em escolher para a lista filmes de vários tipos - romance, drama, comédia e animação -, para poder agradar a todos vocês. Se entretanto decidirem ver um destes filmes deixem-me depois um comentário com o vosso feedback, significaria muito para mim!

Em breve darei mais novidades, não se esqueçam que novas entrevistas estão prestes a surgir.